Hospital Santa Catarina passa atender gestantes de alto risco com suspeita ou confirmação de Covid-19 do Mato Grande

Foto: reprodução
A Sesap continua o trabalho de reestruturação do atendimento de saúde que havia sido alterado em função da Covid-19. A partir desta semana, todas as maternidade que atendem gestantes de alto risco passam a assistir essas pacientes com suspeita ou confirmação de Covid-19. Durante a pandemia, apenas o Hospital Dr. José Pedro Bezerra, mais conhecido como Hospital Santa Catarina e a Maternidade Almeida Castro, localizada em Mossoró, recebiam pacientes de alto risco acometidas com o novo coronavírus.
Agora a usuária com quadro sintomático respiratório seja leve ou com sinais de gravidade, com quadro de alto risco na gestação, e que necessita de atendimento obstétrico, continuará a ser encaminhada para o Hospital José Pedro Bezerra, desde que resida na Região do Mato Grande, na zona Norte de Natal, em Extremoz, em Macaíba ou em São Gonçalo do Amarante; pacientes do Agreste, do Seridó, Potengi/Trairi, e das zonas Sul, Leste e Oeste de Natal, além de Parnamirim passarão a ser atendidas na Maternidade Januário Cicco; e a Maternidade Almeida Castro, continuará a oferecer a assistência no Oeste potiguar (2ª, 6ª e 8ª regiões de saúde).
A normatização do fluxo e redefinição das regras estão disponíveis na Nota Técnica nº 15/2020, da Sesap, e foi pactuada a partir de debates entre a pasta, a Maternidade Escola Januário Cicco (Mejec), o Comitê Materno Infantil do Estado e a Justiça Federal.

Postar um comentário

0 Comentários