Senado aprovou perdão às igrejas em 18 segundos

Senado aprovou perdão às igrejas em 18 segundos

No Senado, o projeto que tratava do pagamento de precatórios em meio à pandemia da Covid-19 foi aprovado, em votação simbólica, em 18 de agosto.
Nele, estava inserido o jabuti que poderá garantir o perdão aos débitos das igrejas com o Fisco — Jair Bolsonaro tem até hoje para decidir se sanciona ou não.

A votação simbólica, conduzida por Davi Alcolumbre, durou 18 segundos.
“Os senadores e as senadoras que o aprovam permaneçam como se encontram. Aprovado”, disse Alcolumbre.

No vídeo da sessão virtual do dia, é possível ver o senador Zequinha Marinho (PSC) festejando a aprovação relâmpago.

Postar um comentário

0 Comentários