Termo de Ajustamento definirá retomada de obras do Forte dos Reis Magos


As iniciativas do Governo do Estado no incentivo à retomada das atividades do setor de turismo, foram apresentadas pela secretaria de Estado, Ana Maria da Costa, na abertura da 73ª reunião de trabalho do Conselho Estadual de Turismo (Conetur). O encontro aconteceu virtualmente na manhã desta quinta-feira (03) e reuniu cerca de trinta e cinco participantes. O Conetur é um órgão colegiado de caráter consultivo, que, vinculado a Setur-RN, que propõe diretrizes e contribui com a política estadual de turismo.

A secretaria de Turismo prevê R$ 11 milhões, em recursos do tesouro estadual, para investimento no setor, bem como verbas oriundas de emendas impositivas. "Estamos empenhados no desenvolvimento de ações efetivas que possibilitem o retorno do crescimento das atividades de toda a cadeia do turismo estadual. Neste momento reforçamos a importância da adesão das empresas e bugueiros ao Selo Turismo+Protegido, que é o principal requisito exigido para o Programa Turismo Cidadão. Nosso diferencial é a garantia da segurança sanitária, primordial aos turistas neste momento de pandemia", ressaltou Ana Maria da Costa, titular da pasta.

Entre as ações apresentadas pela equipe do Governo do Estado, a Emprotur propôs a criação de uma Comissão Técnica de Marketing que será formada por nove representantes do Conselho e tem como objetivo fomentar e dar agilidade e transparência ao processo relacionado as campanhas de promoção e marketing.

A EMPROTUR apresentou o balanço das ações de capacitação e promoção do destino Rio Grande do Norte, referente ao período de 2020 e também sobre o planejamento de ações de marketing previstas para este último trimestre e 2021, ressaltando o potencial de crescimento das diversas atividades do setor, favorecidos pelo pioneirismo do estado na conquista do selo de turismo seguro internacional ‘Safe Travels’, do Conselho Mundial de Viagens e Turismo (WTTC). “O selo de turismo seguro internacional ‘Safe Travels’ é um grande diferencial para o RN que nos possibilitou sair na frente, e conseguir negociações importantes para o Estado", destacou Bruno Reis, presidente da Empresa Potiguar de Promoção Turística do Rio Grande do Norte (Emprotur).

De acordo com os dados da Agencia Nacional de Aviação Civil (ANAC), o RN segue o movimento global de recuperação. A atual malha aérea nacional e internacional no estado, apresentam boas previsões para os próximos meses, com a retomada de voos e recuperação gradual nesse período de retorno do turismo e combate ao Covid-19.

Os programas de Governo Selo Turismo+Protegido e Turismo Cidadão também foram destacados com importantes instrumentos de incentivo do poder público estadual para incrementar a economia da atividade turística.

O acompanhamento das obras sob responsabilidade da Setur foi apresentado pela coordenadora de obras e serviços turísticos, Camila Borges. Entre elas está o Museu da Rampa e o Memorial do Aviador, a recuperação da Fortaleza dos Reis Magos e a reforma de praças do Centro Histórico de Natal.

O Museu da Rampa e o Memorial do Aviador estão 82% concluídos. Seguem em processo de aquisição de mobiliários e em fase de negociação do acervo. Sobre a obra da Fortaleza dos Reis Magos, um Termo de Ajustamento de Gestão (TAG) determinará os critérios para retomada e conclusão da obra. Já as obras para requalificação de 14 praças de Natal estão contempladas no PAC Cidades Históricas. O projeto iniciado em 2013, passou por várias interrupções e foi retomado na atual gestão.

"Compreendemos a preocupação de todos os envolvidos. O Estado não tem envidado esforços para romper as burocracias e trâmites da administração pública, para que em breve possamos ter de volta todos esses equipamentos essenciais ao turismo e à economia", concluiu Solage Portela.

Fonte: Portal Grande Ponto

Postar um comentário

0 Comentários