Diretora do hospital diz "Sala de parto de João Câmara é obrigação do município e não do estado, mais o que viraliza na net é o boto politico

Durante uma live realizada nesta quinta feira (29), a  diretora do hospital regional de João Câmara Karol Assunção afirmou que de acordo com a rede Cegonha a Sala de parto é de competência dos municípios, o estado entra com 40%.

Disse mais: o município de João Câmara não ofertou interesse em abrir a sala de parto do município, em virtude dos custos que chega a R$ 600.000,00 mil reais, preferiu pactuar com o hospital municipal de Ceará mirim.

Apesar da seriedade do assunto, pouco se falou sobre a sala de parto nas redes sociais. 

Em tempos de politica, o que repercutiu mesmo na net foi um boto de uma candidata, que a diretora usava durante a live da vice prefeita Aninha via facebook.


Postar um comentário

0 Comentários