Primeiro spray nasal contra depressão será implantado de forma pioneira no Hospital Universitário Onofre Lopes, em Natal

Foto: Ilustrativa

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprovou nessa terça-feira (3) o primeiro spray nasal inalável contra a depressão. O cloridrato de escetamina é indicado para o tratamento de adultos com depressão resistente. Ou seja, pessoas que não responderam a duas terapias anteriores ou que tenham comportamento ou ideação suicida.

Em Natal, será implantado de forma pioneira no Hospital Universitário Onofre Lopes. O Spravato, nome comercial do produto, é considerado o maior avanço da ciência contra a depressão em meio século.

O remédio tem como base a escetamina (ou esketamina). O princípio ativo tem relação com a cetamina (ou ketamina), um medicamento usado para anestesias.

O laboratório Janssen, que produz o novo antidepressivo, diz que o medicamente é capaz de produzir efeito pouco tempo após a aplicação.

O remédio é apresentado como o primeiro a agir sobre o glutamato, molécula da rede neural, estimulando áreas do cérebro ligadas às emoções, enquanto os antidepressivos tradicionais atuam aumentando a quantidade de neurotransmissores relacionados à sensação de prazer e bem-estar.

Com acréscimo de informações de Veja e G1

Postar um comentário

0 Comentários