Pular para o conteúdo principal

Radio Conexão Mato Grande Play

LAPAC JOÃO CÂMARA - 3262-3478 - 99401-7616


Jipeiro é condenado a 49 anos de prisão por matar amigo em confraternização na Grande Natal


O jipeiro Ailton Berto da Silva foi condenado a 49 anos e 6 meses de prisão em regime fechado por ter matado a tiros o amigo Fantone Henry Filgueira Maia (foto acima), de 41 anos, em uma confraternização na praia de Santa Rita, no município de Extremoz, na Grande Natal. O crime aconteceu no dia 30 de novembro de 2019.

O julgamento acabou na noite desta quarta-feira (25) após três dias de duração. Ao todo, 33 pessoas foram ouvidas em juízo.

Segundo as investigações, durante uma confraternização de um clube de trilhas de veículos 4×4, Ailton Berto teria sacado uma pistola e atirado várias vezes, atingindo Fantone Henry e mais duas pessoas que estavam no local. Logo após o crime, ele fugiu e foi considerado foragido.

Três dias depois do homicídio, durante tentativa do cumprimento de mandado, os policiais apreenderam o carro usado por ele em uma granja de Extremoz.

No dia 6 de dezembro ele foi preso por policiais civis da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), na cidade de Goianinha.

Em abril de 2020, ele passou a responder o processo em liberdade provisória, sendo monitorado pelo uso da tornozeleira eletrônica. As informações são do G1.

Comentários