Prefeito eleito de Goiânia, que venceu eleição internado, morre em SP por covid-19


Vilela foi internado no hospital em São Paulo no dia 15 de novembro, data do primeiro turno das eleições municipais. Inconsciente em uma UTI (Unidade de Terapia Intensiva), ele foi eleito no segundo turno com 52,6% dos votos, derrotando Vanderlan Cardoso (PSD).

“É com profundo pesar que comunicamos o falecimento do prefeito de Goiânia, Maguito Vilela, ocorrido nesta madrugada de 13 de janeiro. Internado desde o dia 22 de outubro para tratar da Covid-19, Maguito lutava contra uma infecção pulmonar diagnosticada na semana passada. A família está providenciando o traslado do corpo de São Paulo para Goiás e ele deve ser sepultado em Jataí, sua terra natal. Assim que tivermos mais informações repassaremos”, informou a página oficial de Vilela no Facebook.

O vice dele, o pastor Rogério Cruz (Republicanos), é quem está à frente da Prefeitura de Goiânia.

Evolução da doença

O emedebista testou positivo para covid-19 no dia 20 de outubro, quando apresentava sintomas leves. Antes disso, em agosto, ele havia perdido para o coronavírus, em menos de dez dias, duas irmãs: Nelita, de 82 anos, e Nelma, de 76.

Postar um comentário

0 Comentários