Sindicato dos Professores: Reforma da Previdência de Fátima retira direitos

Sindicato dos Professores: Reforma da Previdência de Fátima retira direitos

A coordenadora-geral do Sindicato dos Trabalhadores em Educação Pública do RN (Sinte), professora Fátima Cardoso, disse neste domingo (08), durante o programa Extra Classe, veiculado na TV pelo sindicato, que a reforma da Previdência estadual proposta pela governadora Fátima Bezerra (PT) retira direitos dos trabalhadores, razão pela qual o Sinte-RN é contra.

“A proposta retira direitos dos trabalhadores e, em retirando direito dos trabalhadores a gente não pode apoiar nenhuma reforma que tenha essa natureza”, disse a sindicalista, que determinou que o setor jurídico do sindicato faça uma análise profunda para verificar se realmente o governo é obrigado a enviar proposta de reforma à Assembleia Legislativa.

A professora Fátima Cardoso lembrou que em abril desse ano a governadora Fátima Bezerra sancionou uma lei que reajusta os salários dos professores e especialistas efetivos da educação do Estado em 4,17% para ativos e inativos, com efeito financeiro a partir de janeiro próximo. Caso seja aprovado o aumento da alíquota previdenciária, de 11% para 14%, os professores ficarão praticamente sem aumento real.

“A gente tem um aumento que 4,5% e aí esse aumento só vai cobrir exatamente aquilo que foi retirado para pagar o IPERN. Fica em nós a sensação de que você deu com a mão e tirou com a outra”, disse a coordenadora-geral do Sinte-RN.

Fátima Cardoso acrescentou ainda que os sindicatos que compõem o Fórum de Servidores são unânimes contra a reforma da Previdência do governo Fátima e que o Sinte-RN irá “chamar a categoria para as lutas”.

Postar um comentário

0 Comentários