Por sargento Sandra: ME RESPEITE POR FAVOR! Uma amostra do que é ser policial militar no RN


Licença senhores e senhoras pra mim apresentar uma pequena amostra do que é ser policial militar no ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE
São 30 anos de serviço na POLICIA MILITAR, maior parte do meu tempo dedicada a ÁREA OPERACIONAL de cara com o acaso no combate a criminalidade. Como se não bastasse vivenciando com o machismo, a maldade, a discriminação, ignorância e principalmente com as inadequações para a profissional MULHER e a ineficiência estrutural.

Ontem, 24 de fevereiro, pleno carnaval (segunda-feira) estava eu, sargento Sandra de serviço 24hs como comandante da VTR 02 junto com meus companheiros num veículo tipo GOL para atender toda João Câmara e distritos. Carro pequeno com 4 pessoas, armamento pesado no seu interior sem a mínima capacidade de portar pessoas com armas longas e circular em estrada carroçável com lamaçal.

Hoje cheguei em casa assim, suja de lama por toda farda, que ao sentar no chão, cansada, retirando meus coturnos, minha filha assustada me pergunta:

Mãe porque você está assim?

Respondi:

_ Minha filha, a nossa viatura atolou as 02hs da madrugada num lugar distante sem sinal de internet e telefone, tentamos desatolar no braço mas não conseguimos e tivemos que abraçar cada um seu armamento, fechar a viatura e percorrer aproximadamente 7km em busca de socorro para retirá-la do atoleiro que só depois de várias tentativas encontramos um simpático senhor que nos deu apoio utilizando-se de um trator e voltamos pra nossa companhia as 3:30hs da manhã.

Ela, que tinha sonho de ser uma policial falou:

- Mainha eu não quero ser mais policial.😭
#Queremoscondiçõesdetrabalho.
Via Facebook Sargento Sandra

Postar um comentário

0 Comentários