quinta-feira, 12 de março de 2020

Servidores do Ipern suspendem greve após propostas do Governo


Os servidores do Instituto de Previdência Dos Servidores Estaduais (IPERN) suspenderam a greve da categoria nesta quarta-feira (11). A decisão foi tomada em assembleia coordenada pelo SINAI-RN (Sindicato dos Servidores Públicos da Administração Indireta do RN) após o Governo apresentar proposta com vistas a implementar o auxílio-alimentação, uma das principais reivindicações que levaram os profissionais a paralisar as atividades a partir do dia 2 de março.
Com isso, foi suspenso temporariamente o ato que estava previsto para acontecer nesta quinta-feira (12). Uma nova data será marcada em conjunto com o Fórum Estadual dos Servidores, uma vez que a Reforma da Previdência do RN é pauta da atividade.
A categoria ainda deliberou se manter em estado de greve. Auxílio-alimentação por meio de tickets O Executivo propõe implementar o auxílio-alimentação por meio de vale (tickets) no valor acordado para cada cargo. Agora, o Sindicato está na expectativa para que a promessa seja cumprida.
Quadro de servidores insuficiente


O pequeno quadro de servidores do IPERN para atender toda a demanda do Estado foi um dos motivos para a categoria cruzar os braços. Quanto a isso, o Presidente do Instituto promete voltar a discutir com os trabalhadores acerca da viabilidade de se realizar concurso para suprir a demanda.
Reforma da Previdência
Outro ponto do movimento grevista é a Reforma da Previdência Estadual, pois os profissionais são contra o projeto que prevê redução de salários a partir de novas alíquotas e aposentadoria mais tardia. Neste item, não houve avanço. O Governo segue empenhado em fazer a Reforma. Por sua vez, os trabalhadores continuam engajados na luta contra o PL.

Nenhum comentário:

Compartilhamentos