Apenas Cinco prefeitos do Mato Grande assinam Carta Aberta a governadora reivindicando instalação de UTIs no Hospital Regional

Prefeito de Parazinho, Carlinhos de Veri
Prefeito de João Câmara, Manoel Bernardo
Preocupados com o avanço do novo coronavírus e o colapso no sistema de saúde pública do Estado com a falta de leitos de UTI, cinco prefeitos da região do Mato Grande decidiram elaborar e assinar uma Carta Aberta a governadora Fátima Bezerra(PT) reivindicando empenho na abertura urgente das 10 Unidades de Terapia Intensiva (UTI) prometidas para o Hospital Regional Josefa Alves Godeiro.
Na carta os gestores municipais alegam que seus municípios passam por severas dificuldades prestação dos chamados serviços essenciais as suas respectivas populações em consequência  da pandemia do novo coronavírus. Alegam que estão diante de um colapso na saúde mas também de natureza econômica. Enceram solicitando uma informação sobre a previsão da instalação das UTIs.
Assinam a Carta Aberta os prefeitos: Manoel Bernardo (João Câmara), Carlinhos de Veri(Parazinho), Waldemar de Góis (Poço Branco), Valdemir Belchior (Pedra Grande) e a prefeita Suely Fonseca (Jardim de Angicos).

Postar um comentário

0 Comentários