Poço Branco: Quem vale mais, um voto ou uma vida?

 

Se já não bastasse o nome da cidade de Poço Branco ser matéria negativa na mídia nível estadual devido as aglomerações na convenção do atual gestor, comentasse nos bastidores da política Poço-branquense que o atual gestor foi contra todas as propostas para diminuir as atividades no período eleitoral. Já não basta ter gasto apenas 11 por cento do recurso enviado para a cidade segundo o levantamento do feito pelo MP.

A coordenação e representantes da coligação que tem como candidato na majoritária o atual gestor Valdemar de gois foi contra a redução dos eventos políticos, comícios, carreatas e passeatas.

Poço Branco tem um alto número de casos do COVID 19, com 10 mortes e 314 casos confirmados de covid19. O gestor pensou apenas em tentar reverter os números que segundo os senadinhos não são favoráveis a ele.

Fica a grande interrogação: O candidato a reeleição está pensando mais em ganhar as eleições a qualquer custo do que mesmo cuidar da saúde dos Poço-Branquenses.

Já do outro lado nossa reportagem teve acesso com exclusividade que em reunião com a Justiça Eleitoral o candidato edinho foi a favor que não tivesse os comícios e aglomerações que colocasse em risco a saúde do povo de Poço Branco.

Via blog do Jadson

Postar um comentário

0 Comentários