INSS realiza força-tarefa para agilizar concessão de benefícios

Quase 2 milhões de brasileiros aguardam a aprovação para começar a receber algum tipo de benefício do INSS, como aposentaria, pensão por morte ou auxílio-acidente. Segundo o INSS, cerca de 1,3 milhão de pessoas esperam há mais de 45 dias – prazo máximo estabelecido pela legislação.
Mas de acordo com Márcia Elisa de Souza, diretora de Benefícios do instituto, pelo menos 500 mil desses processos já foram analisados e aguardam apresentação de documentos solicitados. A diretora nega que os atrasos tenham relação com as novas regras da Previdência Social.
O INSS está tomando medidas para agilizar a concessão de benefícios, entre elas o recrutamento de servidores de outros órgãos para melhorar o atendimento.

Postar um comentário

0 Comentários