Justiça Federal regula atendimento dos hospitais de João Câmara e Ceará-Mirim

Hospital Municipal Percílio Alves de Oliveira, em Ceará-Mirim

A Justiça Federal no Rio Grande do Norte promoveu conciliação entre o Conselho Regional de Medicina, o Governo do Estado e 22 prefeituras. A nova sistemática já está em vigor.
Pelo termo, ficou definido que o Hospital Regional de João Câmara será responsável pelo atendimento hospitalar e ambulatorial. Já o Hospital  Percílio Alves, em Ceará-Mirim, ficará com o atendimento de obstetrícia de toda região.
O Juiz Federal Hallison Bezerra, titular da 15ª Vara, presidiu a audiência.  “Iniciamos as tratativas de conciliação há três meses e agora conseguimos a conciliação. Os municípios estarão responsáveis por repassar os valores para as duas unidades de saúde, de acordo com a população de cada cidade. E, em caso de atraso no repasse, imediatamente, será feito bloqueio judicial”, destacou o magistrado.
Estão incluídas no acordo as prefeituras de Macau, Touros, Pedra Grande, Bento Fernandes, Jardim de Angicos, São Miguel do Gostoso, Ceará-Mirim, Rio do Fogo, Taipu,  Pedra Preta, Pedro Avelino, Galinhos, Lajes, João Câmara, Caiçara do Norte, Parazinho, Jandaíra, Pureza, Poço Branco, São Bento do Norte, Maxaranguape, Ielmo Marinho
Por Agora RN

Postar um comentário

0 Comentários