Nada que esteja ruim e que não pode piorar na Inter TV Cabugi

Até o telespectador menos entendido de televisão já consegue notar que algo de errado está acontecendo com a Inter TV Cabugi. Pautas cada vez menos interessantes, erros técnicos corriqueiros e repórteres que mais parecem alunos do ensino médio apresentando seminário para uma turma de colegas.
Durante o RN1 desta quinta-feira (06), a repórter Iara Nóbrega fez uma entrada ao vivo com a CANOPLA do seu microfone de cabeça para baixo, indo contra o tradicionalíssimo padrão global, sem falar que a sua participação é através de um celular.
Mas ainda tem mais: os apresentadores do Bom Dia Sábado, Paulo Martin e Mariana Rocha, estão sendo obrigados a editar sozinhos os VTs do jornal semanal da afiliada da Globo no RN, exercendo uma função de radialista. Como se sabe, a Inter TV demitiu mais da metade dos editores de imagem, tornando uma função praticamente extinta na casa. E para piorar toda a situação os únicos 4 editores que ainda restam na emissora, além de atender a demanda diária dos três telejornais, acumularam a edição do dominical Inter TV Rural, antes produzido e editado em Mossoró. Lá, a função de editor já não existe mais.


Postar um comentário

0 Comentários