Consórcio Nordeste compra respiradores e novamente não recebe equipamentos

A segunda tentativa de compra de respiradores pelo Consórcio Nordeste fracassou com a primeira. Ao não entregar 750 respiradores adquiridos a firma PULSAR DEVELOPMENT INTERNATIONAL, foi obrigada a devolver US$ 7,9 milhões pagos antecipadamente, o equivalente a R$ 38 milhões.
Para evitar novo desgaste com os governadores dos 09 Estados que integra o Consórcio Nordeste, o governador baiano Rui Costa, solicitou a devolução do dinheiro pago a empresa PULSAR.
A governadora Fátima Boku’s Bezerra, autorizou a antecipação dos recursos financeiros para o Consórcio Nordeste, que por sua vez repassou para a empresa fraudadora PULSAR, que não entregou os respiradores, que poderia ter salvo dezenas de vidas no Rio Grande do Norte.
O prejuízo financeiro do Estado Potiguar, foi da ordem de R$ 4.000.000,00, cujo dinheiro foi pago antecipadamente por Fátima Bezerra, sem qualquer garantia para receber os respiradores do Consórcio Nordeste.

Postar um comentário

0 Comentários