Vereador Luiz Almir segue condenado por desvio de dinheiro público, segundo decisão da 3ª Vara Criminal de Natal

O vereador de Natal, Luiz Almir (PSDB), teve recurso negado pelo juiz Raimundo Carlyle, da 3ª Vara Criminal de Natal, que manteve condenação do político por peculato e lavagem de dinheiro. Em março de 2017, o parlamentar foi condenado por Carlyle a 12 anos e 7 meses de prisão, no processo que investiga o que ficou conhecido como Máfia dos Gafanhotos, suposto esquema teria consistido no desvio de recursos públicos por meio do pagamento de gratificações a servidores ocupantes de cargos comissionados no Governo do Estado.
A defesa do vereador submeteu a Raimundo Carlyle um recurso do tipo “embargos de declaração”. Alegando “erro material” na decisão do juiz, Luiz Almir pedia, entre outras mudanças, a correção de um trecho da sentença que se referia ao período em que os supostos atos ilícitos teriam ocorrido – entre 1995 e 2002, de acordo com o Ministério Público Estadual.
Eugênio Bezerra/blog Antenado

Postar um comentário

0 Comentários