Ação de procurador que resultou em postagens apagadas pelo BG vira pauta nacional

A RedeTV destacou em seu site na noite desta quinta-feira (30) a queixa-crime do procurador Fernando Rocha que resultou na retirada de algumas postagens do perfil pessoal de Bruno Giovanni e do BLOGDOBG, conforme decisão do juiz da 2ª vara federal do RN, Mário Azevedo Jambo. Confira abaixo:

Imagem: reprodução/RedeTV
Justiça retira publicações de jornalista a pedido de procurador no RN
A Justiça do Rio Grande do Norte determinou que um jornalista retirasse de seu blog e suas redes sociais publicações com críticas a um procurador. Bruno Giovanni foi alvo de uma queixa crime aberta pelo procurador Fernando Rocha depois que exibiu imagens do servidor público em uma academia, imediatamente após o governo relaxar medidas restritivas para a covid-19.
O procurador é conhecido como crítico ao relaxamento e faz parte de um grupo de trabalho dos ministérios públicos que defendia a continuidade de medidas mais rígidas na quarentena.
A decisão foi publicada ontem pelo juiz da segunda vara federal do rio grande do norte, Mário Azevedo Jambo. E atende o pedido da queixa-crime aberto pelo procurador da república, Fernando Rocha, contra o jornalista e blogueiro Bruno Giovanni.
Na queixa, o procurador alega que teve sua honra violada por publicações feitas no blog do BG, que atentaram contra sua dignidade e seu exercício profissional.
No caso, o blog do BG exibiu estas imagens do procurador em uma academia no primeiro dia que o governo relaxou as medidas de restrição da quarentena. As imagens se espalharam rapidamente pelas redes sociais.
Veja no site da RedeTV a matéria completa aqui.

Postar um comentário

0 Comentários