InterTV Cabugi humilha funcionários e não paga o que deve ser pago

Na foto, a editora-chefe do RN1, agradece a parceria com o diretor de TV demitido, Rafael Leal.

Um ângulo estranho no jornal e falhas cada vez mais constantes. Isso é reflexo da ausência do profissional que trabalha para garantir que toda a performance técnica funcione bem durante uma transmissão ao vivo.
InterTV Cabugi demitiu na quinta-feira o último diretor de TV que ainda trabalhava na emissora: Rafael Leal. Ele era o responsável pela direção do irrelevante RN1, telejornal que tenta desesperadamente bater a audiência do Patrulha da Cidade, da TV Ponta Negra.
Com isso, os editores de imagem, que recebem salários inferiores, estão sendo obrigados a assumir a função de diretor sem qualquer tipo de remuneração extra, causando um verdadeiro clima de desrespeito pelos poucos profissionais que ainda trabalham na redação da afiliada da Globo no RN.
A decepção dos profissionais é a ausência do sindicato, que ainda não notificou a emissora por essas irregularidades. Muitos têm medo de falar ou reclamar com a direção de jornalismo, uma vez que, o poderoso chefão não é de ouvir conselhos ou reclamações, tudo se resume a demissão. Foi o caso dos repórteres Oscar XavierDouglas Lemos e o apresentador Thiago César.

Postar um comentário

0 Comentários