sexta-feira, 17 de setembro de 2021

Vacinas não aprovadas pela Anvisa foram aplicadas em 26.777 adolescentes no Brasil


O Ministério da Saúde informou que 26.777 adolescentes foram vacinados no Brasil com AstraZeneca, Coronavac e Janssen, imunizantes não aprovadas pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) para a faixa etária de 12 a 17 anos. Os dados foram apresentados na coletiva concedida nesta quinta-feira (16), onde a pasta anunciava a não recomendação da vacinação contra a Covid-19 em adolescentes sem comorbidades.

De acordo a Secretaria Extraordinária de Enfrentamento à Covid-19 da pasta, os estados de São Paulo e Rio de Janeiro foram os que mais aplicaram imunizantes de outros fabricantes que não a Pfizer, única vacina aprovada pela Anvisa para ser aplicada em adolescentes no Brasil. Dos 1,3 milhão de vacinados em São Paulo, por exemplo, 6.912 adolescentes foram imunizados com outra vacina. No Rio de Janeiro, 1.924 pessoas nessa faixa etária foram vacinadas erroneamente. O suposto erro apontado pelo MS teria acontecido em todos os 26 estados da federação e no Distrito Federal.

A CNN questionou o Ministério da Saúde de como a pasta vai proceder sobre o acompanhamento desses adolescentes, que tomaram vacinas de outros fabricantes, e até o momento não obteve resposta.

Nenhum comentário:

Postagem mais vistas