terça-feira, 20 de agosto de 2019

Em Ceará-Mirim, mototaxistas protestam contra lei sancionada pelo prefeito Marconi Barretto

Mototaxistas de Ceará-Mirim, insatisfeitos com a lei aprovada pela Câmara Municipal
Os mototaxistas se reuniram nesta segunda-feira(19/08) em frente a Honda com militantes do Partido dos Trabalhadores (PT) e também do PSOL. Os mesmos se organizaram para sair em manifestação até a sede da Prefeitura a fim de protestar contra a lei que trouxe diversos artigos que prejudicam a categoria.
Dentre os artigos, está o que obriga o proprietário da moto a envelopar a mesma com a cor de acordo com está em lei, ou seja, todos terão que ter a moto com a cor padronizada. A lei também não permite o uso da moto em horário diferente daquele do trabalho. A lei ainda exige que o condutor da moto realize um curso de capacitação que tem um custo médio de R$ 500,00 (quinhentos reais).
Todos esses fatores estão prejudicando a maioria dos prestadores de serviços mototaxistas de Ceará-Mirim e os mesmos irão protestar até que sejam atendidos pelo prefeito e que algumas mudanças sejam realizadas no projeto de lei.
Ceará-Mirim Notícias

Nenhum comentário:

Compartilhamentos