Sobrinho de Flávio Rocha, que preside grupo empresarial Brasil 200 agora critica Bolsonaro

Presidente do Instituto Brasil 200, Gabriel Kanner diz que a saída de Sérgio Moro do Ministério da Justiça é “o começo do fim de Bolsonaro”. O instituto reúne cerca de 300 empresários em todo o Brasil que apoiaram o presidente Jair Bolsonaro. Sobrinho do empresário Flávio Rocha, Kanner vivia defendendo Bolsonaro.
Em entrevista ao Estado de S. Paulo, Kanner afirma que, com as acusações “gravíssimas” de Moro, o apoio fica “completamente abalado”. “Se perde”, disse. “Hoje, qualquer tipo de esperança que a gente pudesse ter no Bolsonaro veio por água abaixo”. Kanner disse ainda que é possível que o ministro da Economia, Paulo Guedes, saia do governo em breve.

Postar um comentário

0 Comentários