quinta-feira, 23 de abril de 2020

O pacto dos diretores do IFRN

A nomeação de um reitor interino para o IFRN, em substituição ao reitor eleito José Arnóbio, levou dirigentes do instituto a se reunirem virtualmente nessa segunda-feira (20).
Documento com resumo do que foi discutido foi obtido pelo Blog do Dina.
Nele, ficou evidente que há gente disposta a aceitar o convite para permanecerem nas diretorias enquanto há gente que diz não aceitar a nova gestão.
Pelo menos 14 diretores manifestaram que aceitariam continuar nos cargos se forem convidados pelo novo reitor interino.
Posteriormente, em segunda votação, ficou pactuado que ou o novo reitor convida os 22 diretores-gerais que foram eleitos em dezembro passado junto com o reitor José de Arnóbio ou ninguém aceitará o convite para as direções.
Na mesma reunião, o professor José Arnóbio de Araujo Filho, eleito reitor em dezembro passado, informou que não responde a processo administrativo disciplinar, mas sindicância que não impede sua posse.
Nos registros do IFRN, José Arnóbio aparece como interessado em duas sindicâncias investigativas, de acesso restrito. Elas foram abertas em setembro de 2019.

Nenhum comentário:

Compartilhamentos