segunda-feira, 11 de maio de 2020

Manutenção da Arena das Dunas custa mais que o dobro do estádio em Pernambuco, aponta relatório

Foto: Aldo Carneiro / Pernambuco Press

A manutenção do estádio Arena das Dunas, em Natal, possui gastos duas vezes maiores do que os aplicados na Arena  Pernambuco – por sinal – praça esportiva com capacidade maior que da capital potiguar. A informação está no relatório da Controladoria Geral do Estado sobre o contrato da Arena das Dunas com o Poder Público.

O Estado de Pernambuco, por exemplo, tem investido na gestão, operação e manutenção da Arena Pernambuco o valor médio mensal de aproximadamente R$ 900.000 (novecentos mil reais) (média mensal no ano de 2018) – para uma Arena maior, com capacidade para 44.300 (quarenta e quatro mil e trezentos) espectadores –, enquanto o Estado do Rio Grande do Norte, cuja Arena das Dunas possui capacidade para apenas 31.368 (trinta e um mil, trezentos e sessenta e oito) expectadores, pagou em abril de 2020 à concessionária, a título de parcela variável, o total de R$ 2.181.719,74 (dois milhões, cento e oitenta e um mil, setecentos e dezenove reais e setenta e quatro centavos).

“Por óbvio, não se pode desconsiderar que cada Arena possui as suas especificidades e precisa da realização de procedimentos distintos para a efetivação de sua respectiva gestão, operação e manutenção. Contudo, a diferença exorbitante quanto aos valores em questão (visto que o Estado do Rio Grande do Norte paga mais do que o dobro dos custos tidos pelo Estado de Pernambuco, por exemplo), sem dúvidas, configura indício de que o montante devido mensalmente pelo Estado do Rio Grande do Norte excede o necessário para a prestação, pela concessionária, dos serviços em pauta – principalmente quando levadas em conta as considerações feitas nesse tópico, que evidenciam a existência de defeitos no estabelecimento dos critérios de avaliação da manutenção realizada pela concessionária”, destaca trecho de documento.

Nenhum comentário:

Compartilhamentos