BTemplates.com

Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque




Aperte o play para ouvir

Governo do RN inaugura sede própria da Uern na zona norte de Natal (RN)


O novo prédio da sede da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (RN) – Uern, na zona norte de Natal (RN), foi inaugurada nesta quarta-feira, 25, pela Governadora Fátima Bezerra. A obra iniciada em 2009, há 13 anos, foi paralisada duas vezes e foi retomada no ano de 2019, sem sofrer qualquer interrupção desde então. Na atual gestão, a obra recebeu investimento de R$ 733.366,30, em recursos próprios, para ser finalizada. A edificação possui quatro pavimentos, sendo três com 20 salas de aula, biblioteca, auditórios, laboratórios, salas de professores e um para estacionamento de veículos. A obra iniciada em 2009, há 13 anos, foi retomada no ano de 2019

A Uern foi a primeira universidade pública a se instalar na zona norte de Natal e oferece cursos de Direito, Turismo, Ciência da Computação, Ciência e Tecnologia e Ciências da Religião. O campus de Natal possui cerca de mil alunos regularmente matriculados. Com as novas instalações poderão ser ofertados oito novos cursos de graduação, nos três turnos de funcionamento. Os novos cursos ainda não estão definidos, serão escolhidos com base nas demandas atuais e locais para a zona norte e precisam ser aprovados pelos conselhos superiores da Uern.

O campus da Uern na zona norte da capital também tem forte atuação nas atividades de extensão. O Núcleo de Prática Jurídica (NPJ) presta mil atendimentos por ano à população. O projeto Educa, 1.500 atendimentos por semestre. A Educa, escola de extensão que funciona junto ao campus de Natal, é um braço da pró-reitoria de extensão da UERN no campus de Natal (RN).

“Entregamos hoje um belo patrimônio de uma agência do conhecimento que prepara para a vida e para o mundo do trabalho.  A população mais carente, e eu, sabemos o que é não ter direito à educação. Está na nossa memória”, afirmou a governadora Fátima Bezerra para destacar que “a Uern permite que o filho do trabalhador e da trabalhadora tenha acesso ao ensino superior, permite que possa mudar sua realidade, melhorar a qualidade de vida”.

Comentários