Hoje o meu parabéns vai para o blogueiro apaixonado pela vida, meu amigo Williams Rocha



Hoje eu entro para o time dos sessentões, melhor idade, pois para mim é apenas um número, do qual eu não me importo, eu amo a minha vida e, mesmo que pudesse, não voltaria atrás ou deixaria de viver nada apenas para ser mais novo. Então,  agradeço a Deus por ter me concedido a graça de viver 60 anos tão bem.

Chegar a essa idade é uma dadiva  de Deus,  muitos  ficaram pelo caminho, e este sessentão chega até aqui com muita vontade de viver, de sonhar, de ser feliz, de amar, de curtir as pessoas que amo e viver até quando Deus quiser.

15 anos de vida; 30 anos; quarentões; sessentões; terceira idade, são todos rótulos que criamos no mundo, e que, na verdade, não correspondem à idade verdadeira, à idade da alma.

A idade da alma está associada não ao tempo dos números, mas à disposição, ao humor, ao ânimo, à coragem.

Encantamo-nos ao ver relatos de pessoas que depois dos 90 anos vão aprender a ler, e dizem-se realizadas, sentindo-se mais jovens do que nunca.
Não é força de expressão, elas são jovens mesmo, a idade do corpo pode ser disfarçada, maquiada, a da alma, nunca.

Williams Rocha, um blogueiro apaixonado pela vida.


Postar um comentário

0 Comentários