Astro que estrelou Pantera Negra nos cinemas morre aos 42 anos


O ator, diretor e roteirista Chadwick Boseman, o Pantera Negra do Universo Cinematográfico da Marvel (MCU), morreu hoje, aos 42 anos, após uma batalha de quatro anos contra o câncer de cólon. A informação foi confirmada pelo perfil oficial de Boseman nas redes sociais.

"É com imensa dor que confirmamos a morte de Chadwick Boseman. Chadwick foi diagnosticado com o terceiro estágio do câncer de cólon em 2016 e lutou contra isso ao longo dos últimos quatro anos, enquanto a doença progredia para o estágio quatro. Um verdadeiro lutador, Chadwick persistiu a isso tudo e trouxe até vocês muitos dos filmes que vocês tanto amam", diz o comunicado.

Boseman morreu em sua casa na área de Los Angeles, na Califórnia, com sua mulher e família ao seu lado, disse seu assessor Nicki Fioravante à Associated Press.

Boseman obteve seu primeiro papel de TV em 2003, quando participou de um episódio de "Third Watch", mas se tornou reconhecido mundialmente somente dez anos depois, em 2013, quando interpretou Jackie Robinson em "42".

Ele atuou ainda como James Brown em "Get on Up: A História de James Brown", em 2014, e, em 2016, foi Tot em "Deuses do Egito". 

Antes de morrer, Chadwick gravou "Ma Rainey's Black Bottom" , baseado no livro homônimo de August Wilson, e que terá Viola Davis como protagonista. O longa deve chegar em 2020.
A primeira participação de Chadwick como o herói T'Challa, o Pantera Negra, foi em "Capitão América: Guerra Civil", em 2016. 

Dois anos depois, ele ganhou o primeiro filme solo dentro do Universo Cinematográfico da Marvel (MCU), que ganhou elogios da crítica e dos fãs. 

Em 2018 e 2019, o ator interpretou o personagem da Marvel ainda em duas oportunidades: "Vingadores: Guerra Infinita" e "Vingadores: Ultimato", o filme com a maior bilheteria da história do cinema. 

Fonte: Uol

Postar um comentário

0 Comentários