Padre Robson usou mais de R$ 450 milhões de associação em pagamentos para emissoras

Segundo o Ministério Público de Goiás (GO), as associações fundadas pelo padre Robson em nome do Divino Pai Eterno (as Afipes) desembolsaram R$ 456 milhões em pagamentos para emissoras de rádio e televisão.
Apenas para a TV Independente de São José foram transferidos R$ 198 milhões, divididos em 127 operações financeiras, publica o G1.
“Constatou-se que os gastos de boa parte das doações não tinha vínculo com questões religiosas, mas com outros negócios, como a compra de imóveis, propriedades rurais, cabeças de gado e emissoras de rádio”, disse o MP.

Postar um comentário

0 Comentários