BTemplates.com

Pular para o conteúdo principal



Caos total em Ceará-Mirim: Crianças doentes dividem maca em unidade de saúde

 

Em meio ao aumento expressivo no número de casos de dengue, a situação no Hospital Municipal Percílio Alves, em Ceará-Mirim, na Grande Natal, não é nada agradável para os pacientes. Crianças com quadro da doença estão precisando até que dividir macas, por conta da lotação no local.

Por não ter leitos de enfermaria para crianças, os jovens precisam ser encaminhados para o sistema de Saúde de Natal, onde vão poder ser internados. De acordo com a mãe de um dos pacientes no hospital, Laudiceia Soares, já faz mais de uma semana que ela e seu filho frequentam o local, porém só agora, com um quadro de plaquetas já mais agravado que foi solicitada a transferência do seu filho.

“Desde ontem que as crianças estão aqui esperando uma transferência e regularização para irem a Natal. Como tem duas crianças ocupando o leito da urgência, tem mais duas dividindo uma maca só”, explicou.

Laudiceia alertou que no local há jovens com o número de plaquetas de 28 mil e 39 mil aguardando os procedimentos para poderem ser tratados na capital potiguar. O índice considerado normal é de 150 mil. Indignada com a circunstância, a mãe do paciente criticou a Saúde de Ceará-Mirim.

“Infelizmente, isso é um descaso na saúde. É revoltante para qualquer mãe ver nossos filhos nessa situação”, contou.

Diante dessa explosão dos casos de dengue, o Rio Grande do Norte é quem possui a maior incidência de casos da doença por 100 mil habitantes entre todos os estados da região Nordeste. Os dados estão no Boletim Epidemiológico de Nº 16, da Secretaria de Vigilância em Saúde (SVS), órgão vinculado ao Ministério da Saúde. 

Fonte: Portal 96 FM

Comentários