Pular para o conteúdo principal

Radio Conexão Mato Grande Play

LAPAC JOÃO CÂMARA - 3262-3478 - 99401-7616


Golpistas usam Inteligência Artificial e criam reunião falsa com diretor financeiro que transferiu R$ 129 milhões a criminosos


Uma empresa multinacional perdeu US$ 26 milhões (ou R$ 129 milhões) nesta semana depois que golpistas enganaram seu funcionário em Hong Kong com uma chamada de vídeo em grupo falsa criada usando tecnologia deepfake, segundo o South China Morning Post.

Os golpistas simularam uma videoconferência com a participação do diretor financeiro da empresa e de outros colaboradores.

Só que ninguém na chamada de vídeo era real – exceto a vítima, um funcionário da empresa.

No fim das contas, o único participante de carne e osso que participava da reunião foi convencido a fazer um total de 15 transferências para cinco contas bancárias de Hong Kong.

O departamento financeiro da empresa recebeu o que parecia ser uma mensagem de phishing (espécie de isca digital com link fraudulento) supostamente do seu diretor financeiro baseado no Reino Unido, em meados de janeiro, informou o jornal. A polícia não identificou a empresa nem os funcionários.

O Globo

Comentários