Presidente do PHS emite nota de esclarecimento

O presidente do Partido Humanista da Solidariedade no RN Leandro Carlos Prudêncio emitiu nota sobre a extinção da sigla partidária.
Confira a nota:
Companheiros e companheiras, filiados (as), militantes, dirigentes e mandatários (as).
É com profundo pesar que comunico a todos (as) que o PARTIDO HUMANISTA DA SOLIDARIEDADE (PHS), não existe mais legalmente, como legenda partidária no Brasil, conforme decisão do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), em anexo.
Chegamos ao PHS/RN em 20/03/1999, quando o partido não tinha 10 filiados e nem uma comissão municipal legalmente constituída.
Durante duas décadas, construímos juntos um partido que ontem contava com milhares de filiados no Rio Grande do Norte e chegou a ter 85 comissões municipais legalmente constituídas.
Na última eleição municipal em 2016, o nosso partido elegeu 2 prefeitos, 4 vice-prefeitos e 40 vereadores.
Em 2018, última eleição estadual, elegeu uma senadora da República, um deputado estadual, e teve 1,26% (uma vírgula vinte e seis por cento) dos votos válidos para deputado federal, ficando com a 3ª suplência.
Apesar do crescimento do PHS, uma meia dúzia de dirigentes nacionais, sem ouvir a base partidária, achou melhor fazer uma incorporação com o Podemos. Com isso, o PHS deixa de existir.
Diante disso, quero agradecer aos companheiros (as) que, neste período de dificuldades e de vitórias, ajudaram no crescimento dessa instituição política partidária.
Em breve, nos encontraremos em outros projetos.
Natal/RN, 19 de setembro de 2019.
Leandro Carlos Prudencio
Ex-presidente do PHS/RN

Postar um comentário

0 Comentários