terça-feira, 25 de maio de 2021

Filho que encontrou mãe assassinada: "Toquei nela, mas estava gelada"



 “Quando entrei, vi ela deitada, mas só o rosto. Cheguei a chamar ‘mãe’, mas ela não respondeu. Foi quando decidi ligar a luz e vi que ela estava sem a roupa de baixo”, narrou o rapaz. “Fiquei desesperado, toquei nela, mas estava gelada. Chequei o pulso, não tinha mais”, contou. Segundo as investigações, Karla foi morta a pedradas.

O crime ocorreu no sábado (22/5), mas só foi descoberto no dia seguinte, quando Luís Eduardo, preocupado com a falta de notícias da mãe, resolveu ir atrás dela. O suspeito do crime é o companheiro dela, Valdemar Medeiros Sobreira, 46. Ele foi encontrado morto nesta segunda 24, em um hotel na cidade de São Paulo, em circunstâncias que indicam suicídio. O carro usado na fuga estava estacionado em frente ao estabelecimento.

Agora RN

Nenhum comentário: