quarta-feira, 26 de maio de 2021

Tabloide britânico afirma que mundo acabará nesta quarta


A "superlua'' volta a agraciar os céus, na noite desta quarta-feira (26/05). O fenômeno natural poderá ser visto em vários locais do mundo, inclusive na América do Sul. 

A lua estará próxima de seu perigeu, que é o ponto de sua órbita mais próximo da Terra, e, por isso, aparecerá “maior” para quem a observa.

Além do tamanho, outra coisa que estará “diferente” na lua é a sua cor. Com o eclipse lunar, a lua fica com “tons avermelhados” e recebe, popularmente, o nome de lua de sangue. 

Apesar de ser um fenômeno natural, alguns grupos religiosos vêem essa mudança da lua como um sinal ruim. Fontes afirmam ao tabloide inglês "Daily Star", que “a lua se tornar vermelha é um sinal divino dos fins dos tempos, conforme passagens antigas”. 

Na Bíblia há uma passagem que diz que a “lua se tornará vermelha antes do grande e notável dia em que Deus voltará”. 

“Jesus disse aos seus seguidores que devemos observar os sinais dos tempos, incluindo os sinais dos céus”, disse Steve Warren e Benjamin Gill, da TV Cristã Americana. Para eles, o grande número de está “nos avisando que o fim da Terra está próximo”. 

Apesar da fala dos religiosos, a ciência diz que não há razão para se preocupar, visto que é um processo natural. “A cor da lua é simplesmente o resultado dela passando pela Terra em um local com sombra”, explica a reportagem do tabloide.

A cor vermelha deve durar cerca de 15 minutos. 

Estado de Minas

Nenhum comentário: