Pular para o conteúdo principal








 

Ex-senador José Agripino evita falar sobre nominata do “União Brasil” e faz mistério sobre possível disputa interna de poder

 

Quando se fala em nominata do União Brasil no Rio Grande do Norte, o ex-senador José Agripino Maia, presidente do diretório estadual da sigla prefere se resguardar. Maia fica surdo e mudo, quando é procurado pela imprensa para tratar do assunto, certamente por não querer responder a perguntas que não lhe agrada.

O fato é que há uma crise instalada entre filiados do partido, e essa crise tem criado uma instabilidade na força que o 44 pretende impor. No Rio Grande do Norte é visível, o desconforto entre os correligionários do partido mais rico e poderoso do Brasil. Os bastidores dão conta que existe uma “puxada de tapete” por parte dos antigos Democratas em relação aos novos aliados que eram do PSL, ligados a deputada federal Carla Dickson (que ainda se encontra no PROS) e que hoje formam o “União Brasil”. Ou seja, ao que parece, há uma disputa interna de poder dentro do noviço “União Brasil”.

Procurado para comentar sobre o assunto, Agripino, presidente da sigla fruto da fusão entre os dois partidos, disse que não vai comentar sobre nominata. O ex-senador enfatizou apenas que está formando um excelente grupo e que em breve vai falar sobre o assunto.

Sabemos que houve conversas com o presidente da Câmara Municipal de Natal, Paulinho Freire (PDT), e também com vários vereadores que iriam migrar em massa para o União. Depois de uma viagem de Paulinho à Brasília a conversa mudou de tom.

Paulinho deu uma declaração dizendo que “Sou do PDT e não tenho pretensão de sair” Será que essa possível “desistência” de Paulinho, tem haver com o insucesso da conversa em Brasília? Ou é fruto de ameaças recebidas pelo ex-prefeito Carlos Eduardo Alves.

Um fato é certo: apesar de Carlos Eduardo Alves, Paulinho Freire continua trabalhando nos bastidores para sair do PDT e ingressar no “União Brasil” bem acompanhado por colegas vereadores.

Aguardamos o momento do pronunciamento de José Agripino, que segundo ele, está próximo.

Por blog do FM

Comentários

Aperte o play para ouvir