BTemplates.com

Pular para o conteúdo principal



Professores da rede Municipal de Educação de Natal suspendem greve


Os professores da rede municipal de Educação de Natal decidiram suspender a greve iniciada no último dia 28 de março com o objetivo de pressionar o Município pela implantação do reajuste salarial (de 33,24%) com base no piso nacional do magistério. A categoria se reuniu em assembleia na manhã desta sexta-feira (29) no auditório do Sindicato dos Trabalhadores em Edução do RN (Sinte/RN) para debater os rumos do movimento grevista.

No encontro, a maioria votou pelo encerramento temporário da paralisação. A decisão se deu porque, segundo o Sinte, o desembargador Virgílio Macedo Júnior se comprometeu em mediar uma negociação entre a categoria, o prefeito Álvaro Dias e a secretária de Educação do Município, Cristina Diniz. Com a suspensão, a categoria entra em estado de greve (estado de alerta para uma possível nova paralisação). As aulas devem ser retomadas na próxima segunda-feira, 2 de maio, nas escolas e CMEIs da rede.

No dia 8 de abril, a Justiça havia estabelecido a suspensão da greve, a pedido do Município de Natal. Na decisão, o desembargador Virgílio Macedo que, segundo o Sinte, deverá mediar as negociações entre a categoria e a Prefeitura, havia determinado multa diária de R$ 10 mil, em caso de decumprimento, com limite de teto de R$ 100 mil. Os valores seriam aplicados ao Sinte, seus dirigentes e grevistas. Além disso, foram autorizados descontos nos salários dos professores, pelos dias não trabalhados.

Tribuna do Norte

Comentários