sexta-feira, 12 de fevereiro de 2021

Styvenson Valentim é contra a volta do auxílio emergencial

O senador Styvenson Valentim (Podemos-RN) criticou quem defende a volta do auxílio emergencial sem propor medidas de enxugamento de gastos. De acordo com o senador, reimplantar o benefício sem cortar despesa em outras áreas vai comprometer as finanças públicas e gerar consequências negativas futuras para a economia brasileira.

Ao Agora RN, Styvenson enfatizou que o Governo Federal precisa respeitar o teto de gastos – emenda constitucional que, desde 2017, proíbe a União de aumentar suas despesas para além do índice de inflação do ano anterior. O descumprimento dessa cláusula pode levar o presidente da República a incorrer em crime de responsabilidade, o que é passível de impeachment.

Por Robson Pires


Um comentário:

Francisconunesdearaujonunesdea@Gmail.com disse...

É contra porque não precisa,só precisa do voto dos trouxas,próximo vai sair pedindo voto na cara de pau,tem tudo pago por nós vai se preocupar com quem passa fome.