terça-feira, 20 de abril de 2021

Enfermeiro que se identificava como médico e receitava cloroquina na internet morre de covid


O enfermeiro carioca Anthony Ferrari Penza, que ganhou visibilidade na internet após defender e receitar o uso cloroquina para tratamento de covid-19, morreu por complicações da covid-19.

Penza estava sendo processado pelo Conselho Federal de Medicina por ter se passado por médico nos conteúdos criados por ele. O Coren-RJ (Conselho Regional de Enfermagem do Rio de Janeiro) também abriu um processo ético contra o enfermeiro para solicitar a cassação do registro profissional. A denúncia foi encaminhada para o Conselho Federal de Enfermagem e ainda não havia sido julgada.

O profissional de saúde compartilhou uma série de mensagens falsas em suas contas em redes sociais. Entre elas, que municípios tinham lucro com mortes pela covid e que vacinas não teriam sido testadas em humanos antes de vir para o Brasil. Algumas de suas publicações tiveram mais de 100 mil compartilhamentos.

Em 8 de abril, o perfil do enfermeiro confirmou que ele estava com covid-19 e que estava internado. Nesta 2ª feira (19.abr), amigos do enfermeiro fizeram publicações em homenagem a Penza. Ele deixa a mulher e uma filha pequena.

Com informações de UOL e SBT News


Nenhum comentário: