terça-feira, 18 de maio de 2021

Alessandro Vieira pede quebra de sigilos de Pazuello. Wizard e 'integrantes do ministério paralelo'


O senador Alessandro Vieira (Cidadania – SE) protocolou há pouco mais uma série de requerimentos à CPI da Pandemia. Nos documentos, ele pede a quebra de sigilos telefônico, fiscal, bancário e telemático, de envolvidos no suposto “Ministério Paralelo da Saúde”.

Além de Carlos Bolsonaro, o parlamentar cita Filipe Martins, Fabio Wajngarten, Carlos Wizard e Marcos Arnoud (Markinhos Show). Ele pediu a quebra de sigilo também dos ex-ministros Eduardo Pazuello e Ernesto Araújo.

A justificativa geral é a de identificar os responsáveis “pelo aconselhamento extraoficial do Governo Federal com relação às medidas de enfrentamento da pandemia, incluindo a sugestão  de utilização de medicamentos sem eficácia comprovada e o apoio a teorias como a da imunidade de rebanho”.

Já são 89 requerimentos apresentados por Alessandro Vieira desde o começo da CPI. Desses, 29 foram aprovados pela Comissão e outros 60 aguardam apreciação.

Nenhum comentário: