Pular para o conteúdo principal








 

Mesmo preso, Wendel Lagartixa é confirmado como candidato do PL a deputado

O PL, partido do presidente Jair Bolsonaro, confirmou neste domingo (31) a candidatura a deputado estadual do policial militar reformado Wendel Lagartixa. Ele não participou do evento porque está preso desde o dia 20, suspeito de participação em um triplo homicídio na zona Norte de Natal. 

Apesar de não estar presente, Wendel Lagartixa foi representado por apoiadores de sua candidatura, que levaram, inclusive, faixas destacando o que deve ser a linha de discurso do ex-PM na disputa eleitoral. 

Apoiadores da pré-candidatura têm afirmado nas redes sociais que Wendel é um preso político. O próprio Wendel levantou essa possibilidade antes de ser preso na Operação Aqueronte, no dia 20 de julho. A Polícia Civil, no entanto, justifica que a prisão teve como base em imagens de câmeras de segurança que apontariam a participação dele em um triplo-homicídio registrado no dia 29 de abril.

Houve, inclusive, autorização judicial para ela. Além de Wendel, foi preso na mesma operação o sargento da Polícia Militar Cruz. A convenção do PL está marcada para o dia 31. O partido ainda não se manifestou sobre o assunto. 

A convenção marcou também a candidatura do ex-ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho, ao cargo de senador pelo mesmo PL, além da aliança com Fábio Dantas, como candidato ao Governo do RN pelo SOLIDARIEDADE. 

Via 96 FM

Comentários

Aperte o play para ouvir