Pular para o conteúdo principal








 

Projeto do LAIS garante entrega de 76 computadores para salas de monitoramento da sífilis no RN

 

Uma cerimônia na última sexta-feira, 22, marcou a entrega de equipamentos para a sala de situação de vigilância da sífilis à Secretaria de Estado da Saúde Pública do Rio Grande do Norte (Sesap/RN), dentro das ações do projeto “Sífilis Não”, iniciativa desenvolvida pelo Laboratório de Inovação Tecnológica em Saúde da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (LAIS/UFRN).

O encontro contou com a participação do diretor executivo do LAIS, professor Ricardo Valentim, do titular da Sesap/RN, Cipriano Maia, do diretor geral do Hemonorte, Rodrigo Villar, da professora e pesquisadora Karilany Coutinho, além da secretaria de Educação a Distância da UFRN, Carmen Rêgo, e demais pesquisadores do laboratório.

No total, foram entregues 76 computadores que irão compor salas de situação para monitoramento das três tipologias da infecção: sífilis adquirida, sífilis em gestantes e sífilis congênita. Os equipamentos serão distribuídos na regionais de saúde que contemplam todo o estado.

De acordo com o diretor do LAIS, a iniciativa marca uma importante fase para o projeto, que visa fortalecer ainda mais as medidas de prevenção à sífilis no RN. “Esta é uma ação que além dos estados, vai contemplar num futuro muito próximo também municípios potiguares e também de outros estados, sempre com o foco de garantir o melhor controle possível da sífilis e suas repercussões na rede pública de saúde”, destacou Valentim.

O titular da Sesap/RN destacou a importância da cooperação entre a pasta e o laboratório, no desenvolvimento de políticas públicas de saúde que beneficiem a sociedade. “É uma parceria bastante frutífera, que favorece o fomento destas políticas públicas e fortalece e rede de vigilância epidemiológica do estado”, destacou.

Blog Antenado

Comentários

Aperte o play para ouvir