Pular para o conteúdo principal








 

Rogério levará “portada na cara” se tentar forçar PTB a apoiar Fábio Dantas, adverte Getúlio Batista

 

O presidente estadual do PTB, Getúlio Batista, afirmou nesta quarta-feira (27), em entrevista à 98 FM, que o partido apoiará a candidatura ao Senado do Ex-Ministro Rogério Marinho (PL), mas que não existe a menor possibilidade de estender essa aliança ao candidato a Governador Fábio Dantas (Solidariedade), que compõe chapa com Rogério. Para o governo, o partido já definiu que ficará neutro na disputa.

Ao programa “Repórter 98”, Getúlio fez, inclusive, uma advertência a Rogério Marinho, ressaltando que não vai admitir qualquer tipo de tentativa de interferência no PTB a partir do diretório nacional. O presidente estadual da legenda diz ter apoio da executiva nacional e autonomia para conduzir o partido no Rio Grande do Norte (RN).

“Eu quero deixar bem claro que, se acontecer, vão levar porta na cara. E vai ser ruim, vai ser pior. Falo de alguém querer ir à nacional e intervir neste sentido. Não estou passando recibo. Falo pessoalmente. Me dou muito bem com Rogério Marinho. Mas, se isso acontecer, ele vai perder o apoio do PTB. Não vai haver intervenção de cima para baixo. Eu falo com propriedade”, afirmou Getúlio, que é vice-presidente nacional do PTB.

Getúlio Batista, que é pré-candidato a deputado estadual, fez a advertência lembrando o caso do PP – que tinha resistência em apoiar Fábio Dantas, mas acabou fechando com a chapa completa após Rogério Marinho procurar o presidente nacional da sigla, o ministro Ciro Nogueira (Casa Civil), que ordenou que o partido estivesse coligado ao PL e ao Solidariedade no Rio Grande do Norte.

“Se isso acontecer, vai levar uma portada na cara e vai perder os votos de toda minha nominata para estadual e federal, além do tempo de TV que possivelmente eu dei a ele. Acho que ele não vai querer quase 100 mil votos. Se isso acontecer… Não existe interferência no PTB”, encerrou Getúlio.

Comentários

Aperte o play para ouvir