quarta-feira, 12 de maio de 2021

Delegados da PF esperam represália com pedido de inquérito sobre Toffoli no STF


O pedido de abertura de inquérito para investigar supostos pagamentos ilícitos a Dias Toffoli, objeto da delação premiada de Sérgio Cabral, foi encaminhado ao STF na semana passada pelo delegado do caso sem o conhecimento da nova cúpula da PF, recém-nomeada por Jair Bolsonaro, relata Fabio Leite na Crusoé.

Fontes da PF relataram que o clima na corporação ficou tenso após o pedido de inquérito sobre o ministro —fato inédito no Supremo— e já esperam retaliação ao delegado que decidiu pedir autorização para investigar Toffoli.

Nenhum comentário:

Postagem mais vistas