terça-feira, 8 de junho de 2021

Exército impõe 100 anos de sigilo para processo administrativo de Pazuello


O Exército impôs sigilo de 100 anos ao processo administrativo, já arquivado, sobre a participação do general Eduardo Pazuello em ato político ao lado do presidente Jair Bolsonaro no final de maio no Rio de Janeiro.

A Força negou um pedido para obter o documento feito por O Globo por meio da Lei de Acesso à Informação.

Em vários casos semelhantes, a CGU determinou a entrega dos documentos considerando que os procedimentos administrativos só devem ficar sob segredo enquanto a apuração está em curso.

O Exército esclareceu que “a documentação solicitada é de acesso restrito aos agentes públicos legalmente autorizados e à pessoa a que ela se referir”

Nenhum comentário:

Postagem em destaque

Postagem mais vistas