terça-feira, 24 de agosto de 2021

Guedes diz que não há descontrole da inflação e que Bolsonaro é vítima de 'caçada' midiática

 

Em evento virtual com empresas do varejo brasileiro nesta segunda-feira (23), Paulo Guedes disse que não há descontrole da inflação no Brasil e que Jair Bolsonaro está sendo alvo de uma “caçada” midiática.

Estimativas de analistas do mercado financeiro, divulgadas pelo Banco Central, apontam que o IPCA deverá superar 7% neste ano —se isso se confirmar, será a maior inflação desde 2015, na gestão Dilma Rousseff, quando o índice chegou a 10,67%.

“Não há descontrole. A inflação está subindo no mundo inteiro”, alegou o ministro da Economia, acrescentando que a inflação nos EUA deve ser de aproximadamente 7%. “A nossa será 7% ou 8% também; estamos dentro do jogo.”

Guedes declarou ainda que o BC vai atuar para enfrentar a inflação: “Temos que ter confiança nas nossas instituições”.

tesoureiro da campanha de Bolsonaro à reeleição também pediu apoio dos parlamentares e afirmou que não se pode, por disputas políticas, “afundar o barco”. Sem citar nomes, sugeriu que há atores cometendo “excessos”.

“Se o próprio presidente, nessa ânsia, nessa caçada que ele tem sofrido, se também tiver cometido algum excesso, é um democrata. É caçado diariamente. Caçado com Ç, não cassado com dois S”, declarou Guedes.

“Estão querendo transformar o caçado midiaticamente todo dia num cassado com dois S. O homem teve 60 milhões de votos, estamos a um ano de eleições. Esperem e vençam a eleição em vez de fazer confusão e derrubar economia”, acrescentou.

Não custa lembrar: o “democrata” de Paulo Guedes, que já fez várias ameaças às eleições de 2022 —pelas quais é investigado—, é o maior criador de confusão do país.

O Antagonista

Nenhum comentário:

Postagem em destaque

Postagem mais vistas