Bodó e João Câmara entre os dez maiores PIBs per capita do RN, confira o ranking das demais cidades

 

O ranking do Produto Interno Bruto (PIB) dos municípios em 2018, divulgado nesta quinta-feira (17) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), aponta que Bodó tirou de Guamaré o posto de maior PIB per capita do Rio Grande do Norte. Com uma população de 2.250 pessoas em 2018, o PIB per capita de Bodó chegou a R$ 142.806,47.

O Produto Interno Bruto (PIB) é o principal indicador para medir o crescimento da economia de um país. O índice soma todos os bens e serviços finais produzidos em um determinado período de tempo na moeda corrente do local. No Brasil, quem faz a medição é o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Natal cai nove posições e tem 40º maior PIB entre municípios brasileiros

De acordo com o levantamento, o grupo de atividades "eletricidade e gás, água, esgoto, atividades de gestão de resíduos e descontaminação" é o que mais contribui para a economia bodoense.


Bodó, que fica a 188 km de Natal, na região Seridó, tem o maior PIB por pessoa entre os municípios do Rio Grande do Norte e o 32º do Brasil.

Guamaré, que liderava o ranking, passou a ter o segundo maior PIB per capita do RN, com R$ 90.678,84.

Segundo o IBGE, no Brasil, o PIB por pessoa é de R$ 33.593,82. Para obter esse resultado, divide-se o total do PIB pelo número de habitantes do país, estado ou município.

Energia eólica

Os 10 maiores PIBs per capita do RN são: Bodó, Guamaré, Parazinho (R$ 85.197,08), São Bento do Norte (R$ 71.914), Pedra Grande (R$ 65.310,13), São Miguel do Gostoso (R$ 44.082,85), Alto do Rodrigues (R$ 33.684,54), Pendências (R$ 32.065,62), Arês (R$ 31.547,93) e João Câmara (R$ 29.598,28).

Sete destes municípios têm economias baseadas em "eletricidade e gás, água, esgoto, atividades de gestão de resíduos e descontaminação", com destaque para a energia eólica. Outros dois municípios se destacam pela produção de camarão - Pendências e Arês - e apenas Guamaré ainda representa a indústria do petróleo nesse ranking.

Via blog do Rocha

Postar um comentário

0 Comentários