sexta-feira, 11 de dezembro de 2020

Com a saída do vereador Renda, Seguimento rural perde voz legitima na Câmara pelos próximos 04 anos

A população rural do município de João Câmara que tem quase 7 mil eleitores distribuídos  em 20 assentamentos e 26 comunidades rurais, perde sua única cadeira pelos próximos 04 anos na câmara, que era ocupada pelo legitimo representante rural vereador Francisco Matias (Renda)

Apesar dos 7 mil eleitores da zona rural, os agricultores não conseguiram manter sua voz erguida na casa do povo, mesmo com aumento no numero de cadeiras de 11 para 13, o seguimento rural terá que esperar mais 4 anos, para tentar eleger um novo representante nativo.

A população rural Camarense não se deu conta da importância de ter uma voz em defesa das politicas publicas voltadas para o homem do campo nesta casa legislativa.

Vale lembrar que todos os vereadores tem sua parcela de contribuição para com o povo rural, no entanto o vereador Renda é um parlamentar que reside na zona rural de João Câmara, e tem toda sua vida dedicada ao seguimento, a frente do sindicato rural.





Um comentário:

rogeriojp disse...

parabenizo o blog,pela matéria. Aculpa disso é da população rural que gosta de sofrer.