quinta-feira, 18 de março de 2021

Com bênção de Bolsonaro, Congresso perdoa dívida de igrejas


Com a bênção de Jair Bolsonaro, o Congresso derrubou nesta quarta-feira, 17, o veto presidencial ao perdão a dívidas de igrejas, apesar da delicada situação das contas públicas em decorrência da pandemia da Covid.

Na Câmara, o veto foi votado em bloco e rejeitado com outros itens que faziam parte de um acordo, como trechos do pacote anticrime, da lei de falências e da LDO. O perdão às igrejas deve acarretar uma renúncia tributária de 1,4 bilhão de reais nos próximos quatro anos.

O Antagonista

Nenhum comentário: