terça-feira, 10 de agosto de 2021

Jornal inglês chama ato de Bolsonaro de 'desfile da república de bananas'


O jornal britânico The Guardian repercutiu de forma crítica o ato militar realizado pelo presidente Jair Bolsonaro nesta terça-feira (10), em Brasília. Segundo a publicação, o ato aconteceu "ao estilo república das bananas" em uma tentativa desastrada de o presidente mostrar sua força.

Tom Phillips, o autor do texto, citou que algo semelhante não acontecia no Brasil desde a restauração da democracia em 1985. O ato aconteceu no mesmo dia em que membros do Congresso deveriam votar sobre a  mudança do sistema de votação para o voto impresso.

Segundo Phillips, Bolsonaro fez uma sucessão de comentários "incendiários e antidemocráticos". "Um ex-capitão do exército de mentalidade autoritária advertiu que as eleições presidenciais do próximo ano podem não acontecer se as mudanças não forem aprovadas", completou o jornalista.

A publicação também citou uma fala da jornalista política Thaís Oyama, que disse que esta "é uma tentativa óbvia e explícita de Bolsonaro de mostrar que as Forças Armadas estão do seu lado".

"A única língua que ele fala é a provocação. A única coisa que ele entende são ameaças e caos. Ele está obcecado em demonstrar que as Forças Armadas estão do seu lado", completou Oyama.

Ultimo Segundo

Nenhum comentário:

Postagem mais vistas