segunda-feira, 9 de agosto de 2021

Lula é aconselhado a escolher empresário ou evangélico para vice; nome cotado tem fábrica no RN


O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) tem sido aconselhado por integrantes do Centrão a escolher um empresário ou um evangélico para o posto de candidato a vice-presidente em 2022.

Segundo relatos feitos à CNN, a recomendação foi feita em conversas recentes com o petista. A avaliação feita ao ex-presidente é de que, ao escolher um desses dois perfis, Lula poderá diminuir resistências junto a dois grupos cujos percentuais de aprovação ao atual governo ainda são altos, segundo pesquisas recentes de intenções de voto.

O diagnóstico é compartilhado por dirigentes petistas ouvidos pela CNN, para os quais o ideal seria que o nome escolhido pelo presidente já fosse filiado ou se filiasse a um partido do bloco do Centrão, diminuindo, assim, as chances da coalizão partidária apoiar o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) em 2022.

Na lista de nomes considerados por aliados do petista como ideais para a função, estão os empresários Luiza Trajano, do Magazine Luiza, e Josué Gomes, da Coteminas. Os dois, no entanto, já disseram, em conversas reservadas, que não pretendem disputar cargos públicos em 2022.

De acordo com dirigentes petistas, Lula só deve definir um nome no ano que vem. Neste momento, o petista está empenhado em fechar alianças estaduais que lhe garantam palanques regionais na disputa do ano que vem. Por isso, o petista programa, para os próximos dias, um périplo pelo Nordeste.

Na última quinta-feira (5), Lula se reuniu com o ex-governador do Paraná Roberto Requião, que anunciou a sua desfiliação do MDB. No encontro, conversaram sobre a conjuntura política e, segundo dirigentes petistas, sobre a hipótese de ele sair candidato a governador em 2022.

Com informações da CNN

Nenhum comentário:

Postagem em destaque

Postagem mais vistas