terça-feira, 17 de agosto de 2021

Walfredo Gurgel terá regulação no atendimento a partir de outubro; veja como vai funcionar


A Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) emitiu nota neta terça-feira (17) informando que a regulação da porta de entrada do Hospital Monsenhor Walfredo Gurgel (HMWG) foi alinhada com os municípios da Região Metropolitana de Natal e com o Ministério Público do Estado, com implementação prevista para o dia 15 de outubro. 

"Para tanto, vem sendo feito um trabalho para viabilizar a medida, de modo a garantir a prestação de um atendimento de qualidade em urgência e emergência cirúrgica, em especial ao trauma, integrado ao ensino e pesquisa, de acordo com a missão dessa unidade hospitalar", diz trecho da nota.   

Ainda segundo o texto, o Walfredo conta com o apoio do Hospital Sírio-Libanês no desenvolvimento do projeto "Lean Emergências". Além disso, o estado ampliou a oferta de cirurgas eletivas ortopédicas desde a última semana, a fim de incrementar a oferta do serviço, com a capacidade de realizar 150 cirurgias aos mês na unidade, juntamente com o Hospital Deoclécio Marques de Lucena. 

Atualmente, a maior demanda do HMWG é advinda de munícipes de Natal e Região Metropolitana, e 26% das pessoas que procuram a unidade vêm diretamente de seus domicilios, sem terem passado por uma regulação prévia. Cabe destacar que trata-se de uma unidade de alta complexidade referencial estadual.

"Em busca por melhor organizar o serviço e prestar um atendimento de maior qualidade, o acesso ao HMWG deverá ocorrer de forma regulada, por meio da  Central de Acesso às Portas Hospitalares (CAPH), que será responsável por regular pacientes cirúrgicos que não são emergências e pacientes clínicos graves para as unidades de referência hospitalar", explica a Sesap.

Ainda conforme a Sesap, as urgências clínicas gerais serão reguladas diretamente entre as portas municipais e os hospitais regionais estaduais.

Fonte: Portal Grande Ponto

Nenhum comentário:

Postagem mais vistas